Blog Linhaceira

Os projetos de energia verde podem ser negativos para o meio ambiente

O compromisso de energia verde para uma menor utilização e redução máxima da utilização de combustíveis fósseis está a causar a proliferação de projetos de energias renováveis, que são considerados mais sustentáveis e como uma boa opção para travar as alterações climáticas.
São associações colocado em causa porque estes projetos verdes têm também um impacto não só ambiental, mas também social.
energia verde

O estudo

Esta relação foi revelada num novo estudo internacional realizado pelo Instituto de Ciência e Tecnologia Ambiental da Universidade Autónoma de Barcelona e da Universidade McGill no Canadá.
A base deste impacto dos projetos verdes sobre o ambiente e a nível social reside no mapeamento dos movimentos de resistência social associados a projetos de energia verde e combustíveis fósseis em todo o mundo. Para além disso, foram analisados os protestos relacionados com 649 projetos de energia.
O estudo, recentemente publicado em Cartas de Investigação Ambiental, adverte que estes projectos de energia verde podem tornar-se tão conflituosos do ponto de vista social e ambiental como os relacionados com os combustíveis fósseis.
Este impacto é maior e mesmo desproporcionado nas comunidades rurais e indígenas, embora a repressão contra os manifestantes seja generalizada. Em particular, os activistas são mortos num em cada dez casos estudados.
No entanto, o estudo também mostra que estas mobilizações sociais são eficazes na paragem e modificação de projectos energéticos. Os dados corroboram isto: 25% dos projectos com resistência social são cancelados, suspensos ou atrasados.

A solução

O estudo não só lança o alarme, como também propõe que, a fim de evitar estes riscos, que os projetos verdes sejam tratados com uma abordagem integrada na qual os sistemas energéticos sejam redesenhados a favor da equidade social e da sustentabilidade ambiental.
Exit mobile version