Viver no paraíso em apenas 40 m2

arquiteturaPenso ter encontrado a minha casa ideal. Passei toda a vida a pensar que a minha casa ideal seria uma com áreas enormes, com uma cozinha moderna e completa para poder cozinhar, com quartos suficientes para todos os amigos que me quisessem visitar, etc.

Mas afinal hoje descobri que não, pois apenas com 40 m2, uma decoração de certa forma espartana e uma localização de sonho já seria feliz. E a casa que vamos ver hoje tem tudo isso, mas o mais importante é que gosto dela.

arquiteturaEsta cabana pode ser vista em Auckland, na Nova Zelândia, e a sua construção esteve a cargo do estúdio de arquitectura Crosson Clarke Carnachan Architects. O resultado como podem ver pela minha modesta opinião, não poderia ter sido mais acertado.

O interior é fantástico por ter muita luz. E se por acaso ainda quisermos ter mais luz, toda a fachada virada para o mar pode ser totalmente aberta como se fosse um simples portão de garagem.

arquiteturaA cabana está ainda totalmente enquadrada no meio envolvente. Tanto assim que está construída sobre duas placas de madeira que permitem a sua deslocação em caso de necessidade. Esta característica inovadora foi pensada não só para respeitar o meio ambiente, como ainda para permitir que a cabana possa ser deslocada em caso de perigo, como por exemplo se ficar demasiado próxima à água devido à erosão.

No interior podemos ver que qualquer recanto foi aproveitado ao máximo. São apenas 40 m2 disponíveis, mas parecem ser mais cem, por estarem tão bem distribuídos. Esta casa tem três níveis, dois internos e um superior que faz as vezes de terraço ou esplanada (para o caso de algum dia não apetecer comer ou apanhar sol na areia).

arquiteturaA verdade é que pouca coisa mais haverá a acrescentar a esta cabana. Pequena, elegante e de fácil manutenção. Para mim, esta casa é um pequeno pedaço de paraíso.

Deixe o seu comentário