Tornado Amiais de Baixo

Image Hosted by ImageShack.us

Por falta de tempo e disponibilidade, tenho andado afastado deste blog, mas enfim voltei e sempre que se justifique aqui irei dando conta dos eventos mais significativos ocorridos na nesta região, já por muitos denominada como o “Tornado Alley” português, dada a quantidade de eventos ocorridos e registados nesta zona.

Embora com algum tempo de desfasamento, aqui fico o registo do tornado ocorrido nos concelhos de Santarém, e de Alcanena, no dia 09 de Abril, do corrente ano de 2008, o qual causou os maiores prejuízos na localidade de Amiais de Baixo, no concelho de Santarém.

As condições meteorológicas registadas na manhã deste dia são condizentes com a formação deste tipo de manifestação climatérica, ou seja:
– Houve vento forte de sudoeste com rajadas.
– Aguaceiros fortes vindos da região de Alcobaça.
– O radar deu indicação da possibilidade de ocorrência de granizo.
E assim estavam reunidos alguns dos elementos para a ocorrências de uma situação meteorológica que permite a formação de tornados, no distrito de Santarém.

Uma análise das imagens de radar permite concluir que uma estrutura convectiva com movimento de rotação organizado nos seus níveis médios, afectou parte da Região Norte do Ribatejo, no período entre as 09.00 e as 10.00, do dia 09-04-2008. A este tipo de perturbação está, frequentemente, associada a ocorrência de tornados.

As imagens de satélite e radar do dia, mostram uma squall-line que deu origem ao tornado:

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Dados os danos causados, tudo aponta para um tornado F2.

Este tornado causou imensos danos nomeadamente:
– Cinco casas ficaram seriamente afectadas e dez danificadas em Amiais de Baixo e Abrã (localidade do Canal)
– O tornado afectou ainda sete unidades fabris destas localidades, duas das quais ficaram impedidas de laborar;
– Boa parte das árvores e infra-estruturas de lazer da praia Fluvial dos Olhos de Água em Alcanena foram destruídas;
– 20 a 25 viaturas” danificadas, 15 das quais junto a uma fábrica de mobiliário de Alcanena;
– Sete pessoas sofreram ferimentos ligeiros;
– Sete pessoas desalojados;
– O Pavilhão Multiusos de Alcanena perdeu parte da cobertura, assim como o Jardim-de-infância do Centro de Bem-Estar Social que perdeu as clarabóias e ficou inundado;
– Uma árvore centenária foi arrancada pela raiz junto à Câmara Municipal de Alcanena;
– 25 casos de danos ligeiros em Zibreira, Torres Novas, no valor de 50 mil euros de prejuízos;
– O sino e torre do sino da Igreja de Ribeira Branca ficaram destruídos;

Por fim aqui ficam algumas fotos dos danos:

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

Image Hosted by ImageShack.us

E por fim um video: