Reino Unido abre primeira fábrica de reciclagem de fraldas descartáveis

Quem poderia acreditar que uma simples fralda descartável seria um dos resíduos domésticos que mais contamina o planeta porque demora 500 anos a decompor-se? Este é um facto ainda mais preocupante se tivermos em linha de conta que apenas no Reino Unido são usadas 8 milhões de fraldas descartáveis todos os dias, as quais produzem um milhão de toneladas de lixo anualmente. Se verificarmos os dados nos Estados Unidos então estes números ascendem a uns astronómicos 15 mil milhões de lixo anuais.

No entanto, por mais contaminantes que sejam as fraldas, pensos higiénicos e produtos de incontinência para adultos, são uma comodidade do mundo moderno à qual poucos estarão dispostos a renunciar. E embora cada país tenha os seus próprios métodos para se desfazer destes produtos pouco amigáveis do ambiente, apenas agora surgiu uma iniciativa no Reino Unido que visa reciclar a matérias prima destes resíduos. Um projecto que o planeta irá agradecer certamente!

A empresa britânica Knowaste, lançou recentemente a sua primeira fábrica de reciclagem de fraldas, penso higiénicos e produtos de incontinência para adultos, a partir dos quais espera recuperar vários materiais reciclados. Uma solução que visa contrariar a tremenda contaminação produzida por estes desperdícios e que constitui uma alternativa verde que poderá contribuir de forma notável para a redução da pegada ecológica.

A primeira fábrica de reciclagem de Knowaste em West Bromwich (Inglaterra) irá utilizar a tecnologia mais avançada para reciclar parte dos resíduos produzidos no Reino Unido, mas ainda espera vir a cobrir todo o país quando inaugurar outras fábricas que planeia construir. No entanto, somente esta pequena parte de resíduos que a Knowaste pretende reciclar, já irá ter um impacto significativo na redução de 110.000 toneladas de emissões de gases com efeito de estufa por ano.

Até agora tem vindo a trabalhar com os resíduos produzidos nos hospitais, lares de idosos e jardins-de-infância, no entanto a empresa está a trabalhar em conjunto com as autoridades locais no sentido de vir a usar o lixo recolhido pelos serviços municipais com vista a reciclar num futuro próximo os resíduos das famílias do Reino Unido.

O uso de fraldas descartáveis aumentou de forma enorme nos últimos 20 anos devido à comodidade proporcionada pela sua utilização. Segundo a Knowaste, num inquérito recente levado a cabo na Grã-Bretanha, 93% dos pais disse ter um sentimento de culpa quando deitam as fraldas para o lixo e 83% afirmou que apoiaria a recolha quinzenal de fraldas se soubessem que estas não seriam levadas para os aterros sanitários. Muitos ainda afirmaram que estariam mesmo dispostos a pagar por este serviço.

Mas como é o processo de reciclagem? As fraldas, os produtos de incontinência para adultos e de higiene feminina são recolhidos e transportados para a fábrica da Knowaste. Aí o material é esterilizado. Depois os componentes são separados mecanicamente. De uma parte são separados os resíduos orgânicos e da outra são separadas as matérias-primas como plásticos e polímeros super absorventes, os quais são usados para criar novas matérias-primas recicladas para uso industrial.

 

Reflexão: Esta é certamente uma das melhores notícias sobre meio ambiente dos últimos tempos a nível mundial. Apenas esperamos que a iniciativa seja também levada a cabo noutros países, pois como já vimos os números sobre a contaminação e a lenta degradação destes produtos são uma verdadeira ameaça para o nosso planeta.

Um comentário

  1. Manuel Abril 27, 2013

Deixe o seu comentário