O raio laser faz 50 anos

O laser, uma das invenções científicas mais revolucionárias, completa meio século em 2010. Durante este tempo desenvolveram-se as mais variadas aplicações práticas em redor dele. Astronomia, comunicações, medicina, artes, entretenimento e muitas outras áreas têm experimentado uma evolução com esta invenção.

O nome laser é um acrónimo em inglês para “Amplificação da Luz por Emissão Estimulada de Radiação”. A descoberta do laser, feita pelo físico norte-americano Theodore Maiman, veio em 1960. Naquela época ninguém acreditava no físico, apesar de Alfred Einstein afirmar em um artigo publicado em 1917 sobre a importância que poderia ter o feixe de luz.

Costela Angel, professor da pesquisa da CSIC (Conselho Superior de Investigação Científica), na Espanha, explicou que o laser “actualmente se aplica a todos os ramos da pesquisa, tornando-se uma ferramenta muito importante em campos tão diversos como a indústria ou medicina, terapia foto dinâmica e coisas mais exóticas, como pinça óptica com a qual é movido de um lugar para outro as células e bactérias”.

Deixe o seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Os cookies ajudam-nos a fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a utilização de cookies. Saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close