Nova Iorque: Um monumento “verde” para homenagear as vitimas do 11 de Setembro

No próximo dia 11 de Setembro irá cumprir-se nada menos do que dez anos do atentado terrorista que fez cerca de três mil vitimas nas torres gémeas de Nova Iorque. Com o propósito de recordar os que morreram no ataque, a Câmara da cidade está a preparar a inauguração de um monumento e de um museu no meio de um grande espaço verde.

Conhecido como Memorial 9/11, o monumento foi desenhado sob o conceito de sustentabilidade para evocar a vida e a memória, transmitindo uma mensagem de esperança e compromisso por um mundo melhor.

O Memorial 9/11 foi desenhado pelo arquitecto Michael Arad e pelo paisagista Peter Walker. É composto por um parque rodeado de árvores, onde irão ser plantadas mais de quatrocentos carvalhos, além de esculturas luminosas e fontes de água que serão erguidas onde antes estavam as torres.

As piscinas serão a coisa mais apelativa deste monumento: em volta delas estão escritos em bronze os nomes das vitimas e dali cairão enormes cascatas que têm sistemas de irrigação, gestão de águas fluviais para a conservação da água e a energia.

Sob o bosque, o museu irá expor artefactos, fotografias, fitas de audio e vídeo, objectos pessoais e outros elementos capazes de reconstruir a historia das torres, o momento do atentado (tanto do 11 de Setembro de 2001 como de 26 de Fevereiro de 1993) e a biografia dos seus protagonistas.

Se bem que este espaço irá ser de livre acesso e gratuito, enquanto continuar a construção serão necessários passes especiais que podem ser obtidos no website do monumento. O 11 de Setembro deste ano será a data da cerimónia inaugural com a presença dos familiares das vitimas, ficando aberto ao público a partir de 12 de Setembro todos os dias das 10:00 às 20:00 horas.

Deixe o seu comentário