Erros mais comuns no currículo

Neste artigo vamos falar um pouco dos 10 erros mais comuns quando se redige um currículo, todos eles facilmente evitáveis e que vão evitar que o seu CV seja colocado de parte ou no fundo da pilha.

1)      Não escreva um CV demasiado longo. Pessoas com muita formação e experiência tentam incluir demasiados pormenores tornando o CV demasiado longo, e diminuindo a suas probabilidades de ser lido. O ideal são duas páginas, no máximo três. Mais que isso e quem o lê perde o interesse.

2)      A desorganização é outro problema comum. Organize o seu CV como quiser, por áreas de função, cronologicamente, etc. mas organize-o. Se for difícil de seguir o raciocínio durante a leitura, o CV é normalmente posto de lado.

3)      Por incrível que pareça há empregadores que dizem receber currículos com erros ortográficos ou de impressão. Isto causa logo uma sensação de pouco profissionalismo que custa caro ao candidato.

4)      Lembre-se que o empregador pode ter dezenas ou mesmo centenas de currículos para analisar, e por isso não quer ler blocos de texto. Evite por isso parágrafos e linhas muito compridas, foque-se antes nos termos mais importantes.

5)      Relacionado com o ponto 4, e como se costuma dizer, nem oito nem oitenta. Foque-se nos termos importantes mas também não seja muito vago, inclua toda a informação necessária, desde que bem organizada.

6)      Enfatize os seus méritos em empregos anteriores, honras académicas e associativas. Lembre-se que tem que impressionar para conseguir a entrevista. Não diga só que trabalhou em empresa X, mencione também os bons resultados que conseguiu lá.

7)      Evite detalhes sobre a sua vida pessoal que não são relevantes para o emprego em questão. Fazem parecer que tem pouco para dizer e quer encher espaço no CV.

8)      Dê o seu CV a ler a amigos e familiares para que estes detectem erros gramaticais ou de construção frásica. Se para eles não estiver explicito, também poderá não estar para quem analisar o CV na empresa para onde o enviar.

9)      Use tipo de letra simples e poucas cores e gráficos. Não só dá um ar mais profissional ao CV como afasta a ideia de que é alguém jovem e pouco madura que usa muitos coloridos e tipos de letra que podem distrair o leitor.

10)  O erro final é enviar o seu CV para o local errado. Certifique-se de que o envia para o departamento certo ou para a pessoa certa. Se estiver indecisa, contacte a empresa e questione qual a morada ou correio electrónico certo para enviar o CV. Parece óbvio mas acontece muitas vezes.

Deixe o seu comentário