Energia mini-eólica em Portugal

Se bem que a energia eólica está a avançar em passos largos em Portugal, o potencial que se poderia obter através das mini-eólicas ainda não se desenvolveu o suficiente no nosso pais.

Portugal possui uma boa industria emergente e recursos eólicos muito razoáveis. O sector da energia eólica está a tornar-se cada vez mais competitivo, e por isso está a ter êxito e a desenvolver a tecnologia associada, com ganhos em termos de potência. O objectivo desta energia parece apontar para a produção de energia eléctrica e da sua distribuição a povoações isoladas.

Já são vários os países que têm desenvolvido este tipo de geração de energia através de mini-eólicas (ou de pequena potência). Os Estados Unidos alcançaram uns 80 megawatts no ano de 2008, com mais de 10500 mini-eólicas. Na Europa, o país mais avançado neste campo é o Reino Unido que tem previsto chegar a uma capacidade de 1300 W no ano 2020.

Actualmente, julgo ser uma boa opção impulsionar a utilização de tecnologia mini-eólica em Portugal. A energia fotovoltaica, por exemplo, já possui uma boa conexão à rede eléctrica. Se fosse possível um crescimento do potencial de energia mini-eólica, poderia perfeitamente ser utilizado em vivendas, com uma eventual conexão também à rede eléctrica.

Penso ser de capital importância que o nosso país continue avançando em matéria de energia renováveis.

Um comentário

  1. jorge baluka boal Julho 14, 2012

Deixe o seu comentário