Energia mini-eólica em Portugal

Se bem que a energia eólica está a avançar em passos largos em Portugal, o potencial que se poderia obter através das mini-eólicas ainda não se desenvolveu o suficiente no nosso pais.

Portugal possui uma boa industria emergente e recursos eólicos muito razoáveis. O sector da energia eólica está a tornar-se cada vez mais competitivo, e por isso está a ter êxito e a desenvolver a tecnologia associada, com ganhos em termos de potência. O objectivo desta energia parece apontar para a produção de energia eléctrica e da sua distribuição a povoações isoladas.

Já são vários os países que têm desenvolvido este tipo de geração de energia através de mini-eólicas (ou de pequena potência). Os Estados Unidos alcançaram uns 80 megawatts no ano de 2008, com mais de 10500 mini-eólicas. Na Europa, o país mais avançado neste campo é o Reino Unido que tem previsto chegar a uma capacidade de 1300 W no ano 2020.

Actualmente, julgo ser uma boa opção impulsionar a utilização de tecnologia mini-eólica em Portugal. A energia fotovoltaica, por exemplo, já possui uma boa conexão à rede eléctrica. Se fosse possível um crescimento do potencial de energia mini-eólica, poderia perfeitamente ser utilizado em vivendas, com uma eventual conexão também à rede eléctrica.

Penso ser de capital importância que o nosso país continue avançando em matéria de energia renováveis.

Um comentário

  1. jorge baluka boal Julho 14, 2012

Deixe o seu comentário

Os cookies ajudam-nos a fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a utilização de cookies. Saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close