Conselhos para a redacção de um Curriculum Vitae

O seu Curriculum Vitae é o seu cartão-de-visita junto de qualquer entidade empregadora, é o que vai basicamente ser a sua primeira impressão junto de quem a pode empregar. Deve por isso optimizar o seu CV e usá-lo como um instrumento eficaz na busca por emprego.

Em termos de aparência, existem pequenos cuidados que pode ter e que podem fazer a diferença em relação ao seu Curriculum Vitae:

1)      Refira sempre as informações que potencializam a possibilidade de conseguir uma entrevista. Por outras palavras, molde o seu CV ao emprego a que se candidata.

2)      Não faça um currículo com mais de duas folhas. Os empregadores raramente lêem currículos muito extensos.

3)      Organize o CV com secções claras e bem definidas, com bastantes espaços em branco para lhe dar um aspecto mais limpo.

4)      Conforme o emprego, decida se quer um CV funcional, onde as qualidades e formação são agrupadas por área, ou um CV cronológico, que ordena a sua formação e experiência por ordem cronológica.

5)      Use verbos dinâmicos e activos nas suas descrições, como “ensinar”, “orientar”, “organizar”, etc.

6)      Envie sempre um currículo “novo”. Dobras, vincos ou manchas são proibidos.

 

curriculo

Relativamente ao conteúdo, deverá ter atenção aos seguintes pontos:

1)      Inclua todos os dados pessoais importantes: nomes próprios, apelido, morada, telefone, e-mail, data de nascimento, nacionalidade e estado civil. Se for pedida fotografia, escolha uma sóbria e em que esteja com aparência cuidada.

2)      Refira sempre o seu grau mais alto de formação acima de todos os outros. Não se esqueça de mencionar a instituição e data de conclusão do curso. Se tiver outros cursos ou formação adicionais que possam ser relevantes para o emprego em questão, deve também menciona-los.

3)      Os seus conhecimentos linguísticos são importantes. Diga sempre no CV que línguas domina e em que medida, ou seja, se fala e escreve bem, se fala bem mas é fraca na escrita, etc.

4)      Fale da sua experiência noutras empresas onde trabalhou, que função desempenhou e durante quanto tempo lá trabalhou. Inclua uma breve descrição das tarefas que desempenhou, usando os tais verbos activos de que falamos mais acima. Se procura o seu primeiro emprego, tente referir possíveis trabalhos de verão ou part-time que tenha realizado ou formações que tenha feito. Estas actividades mostram que é uma pessoa activa e empreendedora, com iniciativa.

5)      Mencione outras actividades que tenha realizado, principalmente se esteve envolvida em actividades académicas ou associativas. Se algum dos seus passatempos ou actividades regulares se relacionar com o emprego em questão, fale deles também. Estas são actividades que revelam a sua dinâmica e podem fazer a diferença.

Deixe o seu comentário