Conselho para a criação de uma horta biológica

A partir de hoje vamos também falar um pouco sobre agricultura biológica, hortas urbanas, jardinagem e quais os conselhos a seguir para se lançar neste difícil, mas aliciante desafio de trabalhar a terra.

Uma horta biológica é fácil de fazer e uma verdadeira garantia de saúde e economia no orçamento familiar. Convido-o a conhecer um pouco as culturas, a sua implementação e manutenção.

Os principais aspectos a contemplar são:

Terreno limpo e livre de ervas daninhas. Ponha as mãos à obra: entre as principais prioridades limpar o solo de restos mortos e ervas daninhas. Retire todas as raízes.

Terreno macio. A melhor forma de o trabalhar será fazer uma rega leve 24 horas antes de cultivar. Desta forma a terra estará no “ponto”. Lavrar bem antes de semear também é muito importante.

Adicione adubo orgânico. Depois de lavrar, estenda uma camada generosa de composto orgânico, estrume ou o que tiver escolhido para adobar.

Veja qual a tendência de drenagem do terreno. Se observar que o solo tem tendência a ser empastado ou argiloso, então é preciso corrigir. A forma mais fácil é misturar um pouco de areia e o melhor é mesmo fazê-lo durante a fase de lavoura.

Semear em sulcos predefinidos. A distância entre eles e a profundidade de semeadura dependerá do que estiver a cultivar.

Na medida do possível, instale um sistema de rega pelo método de gota a gota. É mais eficiente e o mais aconselhável para não haver desperdícios de água.

Deixe o seu comentário