Biogás a partir dos resíduos da cerveja

biogásHá quem não precise de mais razões para beber cerveja. No entanto, hoje vamos dar uma nova razão, neste caso, ecológica: pode gerar biocombustível. A indústria cervejeira, no processo industrial, produz resíduos orgânicos. Desfazer-se dos resíduos, não só supõe um custo para a empresa, como ainda prejudica o meio ambiente, já que é uma fonte de emissões de gases com efeito de estufa.

Por esta razão, um engenheiro mecânico chamado Eric Fitch, que, aparentemente fabricava a sua própria cerveja caseira, decidiu procurar uma solução para o problema. Visitou o Instituto Tecnológico de Massachussets (MIT), onde se encontram alguns dos melhores inventores e desenhadores do mundo, para criar e patentear um biodigestor que converte os resíduos de lúpulo, cevada e levedura (os ingredientes principais para a fabricação da cerveja), em gás.

Com este gás procedente do processo de produção da cerveja é possível gerar energia térmica e eléctrica. O dispositivo, com treze metros de altura, foi instalado numa fábrica da empresa cervejeira Magic Hat Brewing, no estado norte-americano de Vermont.

A estrutura custou cerca de 4 milhões de dólares (uns 3 milhões de euros). Um investimento que se irá amortizar com a poupança no consumo de gás natural mais os custos derivados do processamento dos resíduos.

Esta invenção recicla os restos orgânicos da produção de cerveja, e o círculo é fechado de forma limpa: o biogás gerado (a maior parte, metano), serve para activar o processo de produção de cerveja da fábrica.

Actualmente, a Purpose Energy, a companhia fundada por Fitch e localizada em Waltham (Massachusetts), fabrica biodigestores que produzem 6 metros cúbicos de biogás por minuto. Todos eles têm como destino a indústria cervejeira. Se o sistema for aplicado em todas as fábricas de cerveja do mundo, poderemos saborear a refrescante bebida sabendo que foi produzida de forma sustentável.

Deixe o seu comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Os cookies ajudam-nos a fornecer os nossos serviços. Ao utilizar os nossos serviços, concorda com a utilização de cookies. Saber mais

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close