As origens da permacultura

A permacultura é um método de agricultura integrado com o ambiente. Ou seja é a integração entre habitats humanos sustentáveis e sistemas de agricultura, os quais imitam as relações encontradas nos padrões da natureza. A palavra permacultura deriva do inglês, permaculture, que é a contracção das palavras agricultura permanente e cultura.

Na década de 70 dois ecologistas australianos, começaram a desenvolver uma serie de ideias com a esperança de poder criar sistemas agrícolas estáveis e sustentáveis. A ideia aconteceu pela preocupação existente devido ao rápido crescimento no uso de métodos agro-industriais destrutivos após a segunda guerra mundial, os quais estavam a envenenar a terra e a agua, reduzindo drasticamente a biodiversidade.

Assim se deram a conhecer com a publicação do livro Permaculture One em 1978. O livro obteve um êxito imediato na Austrália. Após a publicação de Permaculture One, os autores, desenvolveram novas ideias, desenhando centenas de ‘terrenos de permacultura’.

Na década de 1980, o conceito avançou desde ser predominantemente um método para sistemas agrícolas até se tornar um método holístico para criar habitats humanos ambientalmente sustentáveis, socialmente justos e financeiramente viáveis.

Em meados da década de 1980, uma multidão de estudantes havia-se convertido com êxito à pratica deste conceito e assim se estabeleceram projectos, associações e institutos em mais de 100 países.